15 fevereiro 2013

Resenha - Princesa de Gelo.

  • Editora: MODO
  • Autora: Thayane Gaspar Jorge
  • ISBN: 978-85-65588-14-0
  • Ano: 2012
  • Páginas: 220

Sinopse:


"Eu não tenho coração. Acredite, é verdade. Até mesmo em momentos em que a adrenalina prevaleceu em meu sangue fazendo com que ele trabalhasse mais rápido. Eu deveria ouvi-lo bater ou ao menos senti-lo, mas é como se ele não fizesse mais nada além de pulsar. Não pulsar vida, mas apenas, apenas sangue para que o meu corpo, ligado a minha alma sempre mórbida, continue respirando. Feitiço. Magia. Encanto. Poções. Bruxaria. Não, apenas meu coração e simplória e podre maldição."

Resenha:

Alessa acredita não ter coração. Já viveu alguns relacionamentos e deles teve a certeza de que não podia sentir nada.  Seu último relacionamento foi a gora d’água. Ele entregou seu coração a ela, ela não tinha um coração para entregar. Alessa então decide que não vale a pena viver. Tenta suicídio, e é neste momento de “distração” que o destino lhe prega mais uma peça. Quando ela pensa que nunca poderá se apaixonar, o amor bate a sua porta em forma de um garoto doce, amável e extremamente bonito.
Alessa não se entrega, tenta de todas as formas distanciar Eric, com medo de que ao se aproximar mais, descubra o que pensa já saber: Ela não consegue amar. Mas Eric não desiste. Ele quer descobrir os segredos desta Princesa de Gelo. Afinal ela já tem seu coração nas mãos, desde o dia em que a viu no banheiro da escola, com os pulsos cortados e sangrando... Eric quer saber o que fez Alessa ter essa reação, quer entender Alessa, mas isso não será nada fácil.

“... Sabe quando um pequeno toque abrupto pode estilhaçar uma peça de vidro artesanal? E por isso utilizam cercas e obstáculos para que estejam seguras sempre? Eu sou exatamente assim. A maquiagem, os piercings, as palavras cruéis, tudo é um simplório mecanismo de defesa para que eu não me quebre e me despedace em milhões de pedaços.”

Desde quando eu li a sinopse deste livro pela primeira vez, eu já o queria. Não sabia ao certo do que se tratava, mas confesso que superou todas as minhas expectativas. Alessa é uma garota que não quer sofre, e quem realmente quer? Ela tem suas façanhas para manter as pessoas longe o suficiente para não se machucar e nem machucar os outros. Alessa é tão real, que em certos pontos da leitura, me senti na pele dela, sentindo o que ela sentia. O livro é narrado em primeira pessoa, então imagina o desespero que Alessa passa pra gente durante a leitura. É incrível!

Thayane conseguiu em um livro pequeno, mostrar tantos valores preciosos que tenho certeza, valem para uma vida toda. Uma pessoa tão jovem com uma visão tão profunda da vida. Uma leitura envolvente, crítica, Alessa é uma criatura ingênua e sensível, mas que não sabe como lidar com esse sentimento tão poderoso e avassalador: O amor.

Por outro lado, encontramos Eric Lacrov, o “cara”. Bonito, atlético, amável, sincero. Eu poderia ficar o dia inteiro encontrando adjetivos para este personagem. Certamente ele não existe claro!! Mas se existisse, seria perfeito. Um personagem extremamente bem formulado e criativo. Um verdadeiro amor!!! Rsrsrsrs

Uma estória que vale muito a pena ser lida. Apesar de em alguns pontos ficar um pouco arrastada, a leitura flui perfeitamente bem e sem complicações. A capa é linda e só a revisão que deixou um pouco a desejar. Não encontrei muitos erros, mas os poucos que encontrei dificultaram um pouco a leitura naquela parte.

“Eu já tive um coração, verdade! Assim como seus pais já foram crianças um dia. Não que eu me lembre de como era tê-lo, mas lembro-me bem de como o perdi.”

Sobre a autora:

Thayane Gaspar Jorge, 19 anos, nascida no Rio de Janeiro- RJ e estudante de jornalismo.
“Preciso escrever, não importa o quê ou para quem. Sou escritora há 19 anos – a minha vida inteira. Eu nasci assim e já amava as palavras antes de ser apresentada a elas! Sou carioca, e não combino com o clima do Rio. Sou amante do rock, mas casada somente com as letras. Sou uma rebelde contida; uma utopia real. Para me conhecer, esqueça todas essas definições se apenas uma estiver bem clara: eu nasci para escrever.”





8 comentários:

  1. Toda vez que eu leio eu fico arrepiada! A sua resenha ficou muito linda e tocante. Ana, eu ameeeeei! Muito obrigada pelo carinho que você demonstrou no dia do evento, e muito obrigada por me deixar com um sorriso bobo no rosto por causa dessa resenha linda que vai ficar para sempre no meu coração.
    Muito sucesso!
    Beijos!
    Thay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!! Eu que fiquei muito feliz por conhecer vc e o seu trabalho. Tudo que escrevi, foi do fundo do meu coração e espero ler muitos livros seus daqui pra frente!!!!

      bjo^^

      Excluir
  2. Garota que tenta cometer suicídio? ah, isso muito me interessa. Dizem que isso é muito mórbido, mas eu vejo um certo charme no suicídio ¬¬
    Bem, parece um livro interessante mesmo, eu já estou aqui curiosíssima pra saber se ele consegue mesmo esquentar o coração dessa princesa \o/

    E a coroazinha? aaaaiiiinnnn que lindezaaa ♥ rsrs a autora tbm é muito linda.

    bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sabe que eu tbm!!!! Por isso gostei tanto do livro...

      É a coroazinha ta aki bem guardada\o/ kkkkkk

      Bjo^^

      Excluir
  3. Fiquei completamente arrepiado com a última citação... 'o' ahahah EU TENHO QUE LER ESSE LIVRO!

    Beijos,
    http://a-song-of-fire.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Serio sou bem curiosa pra ler esse livro, primeiramente a capa depois o enredo que é muito bom.

    ResponderExcluir
  5. tenho muita vontade de ler esse livro,me parece ser otimo, tipo prende a pessoa !

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz