12 maio 2013

Resenha: Marcada - House of Night - Livro I


  • Autoras: P.C. Cast e Kristin Cast
  • Editora: Novo Século
  • Ano: 2009
  • Páginas: 327
  • ISBN: 978-85-7679-229-1

Sinopse:
Em The House of Night você vai conhecer um mundo parecido com o nosso, exceto pelo fato de que nele os vampiros sempre existiram e convivem tranquilamente com as pessoas normais. No primeiro volume, Marcada, Zoey, uma garota de 16 anos, acaba de receber uma marca que vai transformar a sua vida por completo. Zoey terá que se afastar de seus amigos e de tudo aquilo que fazia parte da sua vida até então. A menina vai se transformar em vampira e usufruir de poderes que ela nem imaginava possuir. Mas para isso ela precisa suportar o difícil período de transformação, caso contrário morrerá.

Resenha:
O que dizer de um livro que supera todas as suas expectativas? Pois é... eu nem imaginava que este livro seria tão bom quanto foi. Mas mesmo assim ainda não vou me animar, me disseram que a partir do 4º livro, as coisas desandam... Vou esperar pra ver!

Em Marcada, conhecemos Zoey, uma adolescente que acabou de ser marcada por um Rastreador. Zoey agora terá que deixar tudo para trás, família, amigos, sua vidinha simples... Tudo mesmo. Zoey tem que ir para a Morada da Noite. Uma escola onde ela vai aprender o que precisa saber para tornar-se uma vampira, isso se ela conseguir passar pela transformação, o que não é nada fácil.

Fazia muito tempo que eu queria ler esta série, mas ficava sempre enrolando, primeiro por ser uma série longa, com 10 volumes (publicados no Brasil), depois, porque todo mundo dizia que eu não ia gostar da série, que era chata e mais um monte de coisas... (Não foi só vc vio Geeh!!! rsrsrsrsrsr). Depois, quando (finalmente) eu consegui os 9 primeiros volumes, decidi esperar mais um pouco, afinal, eu já tinha os livros mesmo, então poderia ler quando eu quisesse. Bem, deveria ter começado antes.

Gostei muito da escrita das autoras. É bem jovial e Zoey é a adolescente que todas nós fomos um dia. Doida por liquidações (principalmente de sapatos), com uma família que não a entende, uma amiga fura-olho (quem já não teve uma amiga assim???), preocupações com provas na escola (geometria) e infinitas dúvidas em sua cabecinha. Mas depois que é marcada, Zoey logo de cara aceita seu destino, com muito medo, mas aceita.

"O problema, claro, era que me transformar em monstro era a mais luminosa dentre minhas duas opções. Opção número um: Eu viro vampira, o que significa montro na cabeça de praticamente todo ser humano. Opção número dois: meu corpo rejeita a mudança e eu morro. Para sempre." Pg. 16

Gostei muito tbm do mundo maluco criado pelas autoras. Imagina só um mundo onde os vampiros sempre existiram, os melhores atores, cantores, poetas... todos vampiros. E não é só isso, além dos poderes que vem com a transformação, as autoras ainda inventaram uma profetiza antiga que é adorada pelos vampiros até os dias de hoje. É como se fosse uma religião, de um lado os vampiros (Deuza Nix) e do outro os humanos (liderados pelo Povo da Fé). E ainda tem magia O.O. Acreditem, foi uma surpresa atrás da outra. Gosto muito de conhecer novos mundos e desfrutar de leituras tão poderosas a ponto de fazer você querer participar do livro e este foi um livro que me fez sentir isso.

Recomendo a leitura pra quem gosta de vampiros e tem uma mente aberta para várias outras descobertas. Um livro que te deixa com gosto de quero mais. A capa é linda, a diagramação é simples, tem um bom espaçamento entres as letras, o que não dificulta a leitura, e o vocabulário é para adolescentes mesmo, então você não vai precisar de um dicionário do lado ¬¬.


Sobre as autoras:



Phyllis Christine "P.C." Cast cresceu indo e vindo para Illinois e Oklahoma, que é onde ela se apaixonou por Quarto de Milha e mitologia (na mesma época). Depois do colegial ela se juntou à Força Aérea dos Estados Unidos e começou a falar em público e escrever. Vive em Oklahoma e leciona Inglês na South Intermediate High School em Broken Arrow desde 1993. Os seus livros de fantasia romântica receberam numerosos prêmios: Prism, Holt Medal­lion, Daphne du Mau­rier, Bookseller’s Best, Affaire de Coeur Reader’s Choice e o Laurel Wreath. Em 2007 iniciou a saga House of Night com sua filha Kristin Cast como co-autora.

Kristin Cast é uma NY Times e hoje E.U.A. bestselling autor e se juntou com a mãe para escrever a série House of Night. Ela tem publicado histórias sozinha em várias antologias, bem como os créditos editorial.Ganhou pêmios por sua poesia e jornalismo.

14 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Ana Paula! Muito em breve pretendo ler House of Night. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vanessa, leia sim, eu estou tentando não me fascinar! Kkkkkk

      Bjo

      Excluir
  2. Oi Ana Paula, legal vc ter gostado do livro, sua resenha está ótima, D+ e se prepare, pq se vc gostou desse os outros vc também vai amar, e se deixar vai um atras do outro ^^

    beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha! Que bom saber disso Mila! Kkkkkkk to doida pra começar Traída, acho que comeco essa semana ;)

      Excluir
  3. Eu ainda não li esta série pq todo mundo fala que ela é ruim e sem sentido. Mas gostei da sua resenha e vou dar uma chance, quem sabe....

    Adorei a resenha Ana, muito bem feita e verdadeira. Parabéns!

    Abç.

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz que você tenha gostado, tentei por 3 vezes e não rolou. Não pretendo dar outra chance a série, até porque ficou enorme e parece que nunca vai acabar, rsrsrs.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca consegui gostar dessa série e li varios dos livros, pretendo terminar ainda, mas eu acho ela incrivelmente forçada, o livro 1 nem tanto, mas depois, só tem um personagem que gosto, mas ele aparece depois.

    ResponderExcluir
  6. Tenho um livro dessa série, mas não é o primeiro volume. Nem sei qual é, rs. Comprei por estar baratinho. Mas tenho vontade de ler a série, pretendo comprar o primeiro para ler em breve, nas férias talvez. Quem sabe...
    apesar de muitas não gostarem de séries grandes, eu até gosto, hehe.

    ResponderExcluir
  7. É tão lindo ver mãe e filha escrevendo juntas, com certeza tem algo bom nesse livro.
    Eu amo vampiros e é por isso que esse livro vou colocar na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  8. Mundo de vampirooooooooooooooos *0*
    Estou looooooouca para ler esse livro! Sou fã de livros que envolvem magias e vampiros! E a capa é linda mesmo!

    ResponderExcluir
  9. Pra mim as coisas desandaram no 2 mesmo. Também amei o primeiro, fiquei.louca pelo Erick e Zoye. Li até o 8 e quando chega nesse ponto é difícil acreditar q os personagens são os mesmos de Marcada. Muitas mudanças de personalidade, novo espécie de......(quase q eu falo demais..rsrsrs), mortes, novos personagens, a série têm bastante aventura. Mas em alguns momentos vc quer matar a Zo.

    ResponderExcluir
  10. Passo para lhe agradecer pela participação no meu blog, e dou de cara com essa resenha do livro que amo. AMO HoN, e mesmo a com as autoras se perdendo com a própria história, não deixo de acompanhar. Me apaixonei pelos personagens e acho difícil eu desistir deles. <3
    Continue lendo, Ana. Você vai sentir a diferença na qualidade das histórias, mas ainda assim, você vai querer mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HA!!!!!! Obrigada Vanessa!!!! Eu vou continuar sim, já decidi, to apaixonada pela série!!! <3

      bjo^^

      Excluir
  11. Geeente, essa série é longa demaaaiis ¬¬ não vou dizer que não vou ler, mas um dia, após terminar hush hush e Instrumentos mortais, quem sabe ;)
    Falando nisso, fui comprar os 3 ultimos hush hush e estavam esgotados no Sub, meldels!!

    A resenha tá ótima, mas não me animou muito não :p

    Bjokas

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz