14


Resenha : Linhagens - Eleonor Hertzog.

Autor : Eleonor Hertzog
Editora: Letra Impressa
ISBN: 9788566652031
Ano: 2013
Páginas: 700
Para adicionar o livro a sua estante no skoob clique AQUI..


Sinopse:

E se você descobrisse que a Terra guarda grandes segredos? E se esses segredos fossem poderosos o suficiente para modificar o rumo de nossas vidas? Laços se estreitam, conflitos irrompem. Erros foram cometidos e o tempo está acabando. Nada é o que parece ser. Segredos emergem de Casas e Linhagens. Peggy corre grandes riscos e as consequências das próximas decisões podem colocar tudo em jogo. Os Melbourne mais uma vez terão que provar sua capacidade de resolver problemas. As consequências de cada decisão afetarão o Universo inteiro. Caberá apenas a Uma geração... Todas as decisões! 



Resenha:
                                      "A esta geração, todas as decisões." 

Então pessoal, primeiro eu gostaria de agradecer a Eleonor, por nos dar a oportunidade de ler este livro maravilhoso antes mesmo de ser publicado. Obrigado pela confiança.
Sim, este livro ainda não foi publicado, sua "entrada triunfal" esta prevista para a Bienal do Rio. Então, vc que vai ter  oportunidade de ir, não deixe de procurar a autora por lá, ela vai estar no estande da  Letra Impressa no dia 01 de Setembro as 15 hs. Vá conferir e embarque no Cisne vc também.

Mas vamos falar de Linhagens agora. Este livro é a continuação do "Cisne" e começa exatamente onde o livro anterior parou. Como eu falei para vcs na resenha do Cisne, toda a historia desenvolvida me pareceu uma introdução para algo que estava por vir. Linhagens foi a constatação de que eu estava certa nas minhas teorias.
Este livro já começa em um ritmo acelerado,não só porque o Cisne continua em sua rota, mesmo depois de todo o alarde do pessoal do Intercâmbio Tariliano, mas também porque Peggy, a filha adotiva dos Melbourne e a sensitiva abordo, detecta morte irradiando da ilha onde os biólogos marinhos devem catalogar as focas que lá vivem.
Estar nas proximidades do Mar negro já é suficientemente perigoso para a menina Peggy, que com sua mente bloqueada, não pode e nem deve se lembrar que é uma Princesa de Senira, uma das Casas existentes e que se encontra exatamente ali, no centro do Mar Negro.
Ao chegar a ilha, eles constatam que Peggy estava certa. O sinal de "morte", vinha de milhares de focas mortas. Mas o mais intrigante é a forma como estas focas foram mortas, sem nenhum indicio de como isso aconteceu, apenas ali, paradas e definitivamente mortas.
Os exames não conseguem definir a causa da morte, e nem o porque de apenas as focas que estavam em determinada parte da ilha terem morrido.
A noite chega e com ela o caos. Por a ilha fazer parte dos domínios do Palácio de Senira, ele toma para sí a incumbência de eliminar o que está causando a morte dos animais. Só que os responsáveis são os Strils, criaturas lendárias que se alimentam de qualquer tipo de vida existente durante o período da noite.
Senira, uma força da natureza, logo cria uma imensa tempestade para acabar com os invasores. Peggy, assim que pressente o que esta acontecendo avisa a todos e começa os preparativos para o barco zarpar. Mas como ir embora se Tim e Teo estão na ilha observando as focas e suas atividades noturnas?
Um Palácio descontrolado, uma tempestade de proporções inacreditáveis, Strils e um barco a deriva.
Estes são os capítulos mais tensos deste livro,juro que eu fiquei roendo as unhas. A única coisa que eu conseguia pensar era , "O Tim, Eleonor?? Logo o meu Tim." hahahah
Durante esses momentos de angustia, tanta coisa acontece, que eu reli os capítulos, só para ter certeza que não perdi nada.
Posso dar uma spoiler, bem pequenininho!? Nosso insuportável repórter Tariliano Giles, tem um papel decisivo em todo esse enrosco. Só não conto se é para ajudar ou prejudicar!! (MUAHAHAHA~ sou mal)
O que eu adorei também, é que a Eleonor nos explica bastante sobre a Linhagem de cada Casa. Sim, eu devia ter previsto isso, considerando o título, mas foi tãoooo legal conhecer as Casas e seus costumes, principalmente Merine.
(...) - Aceite e respeite nossos costumes também,Senhora de Merine.Se um Kreganiano for comprar a pior briga de sua vida, vai ser por causa de um filho. Peggy chama você de mãe e Robert de pai, mas Doris e eu a chamamos de filha, o que é suficiente para nós.Vocês não vão tocar na nossa filha.Esse (o olhar de Henry abrangeu todos eles) é o nosso costume, Senhores.(...)
Bem, vou confessar: acho que gostei mais disso pois o foco passou a ser Peter, o Senhor de Merine rebelde, completamente encantador e apaixonante.
Para quem não lembra do Peter, ele é o filho de Robert e Diure,os Senhores de Merine,e  o "irmão" adotivo de Peggy com quem ela possui um elo. Este personagem não foi muito desenvolvido no livro passado, mas neste, metade do livro é voltado para ele. <3
Outra coisa que eu gostei bastante é que a autora deu uma reduzida na quantidade de personagem ativos, deixando apenas alguns como centrais e fazendo pequenas passagens sobre os demais. Facilitou bastante a leitura e compreensão. O que ainda me incomoda um pouco é os diálogos, que são bastante extensos e minuciosos, o que torna a leitura  cansativa em certos momentos.Acho que isso é uma característica da escrita da autora, que é ótimo quando se trata de descrições de lugares e ambientes, com uma riqueza de detalhes que faz o leitor realmente imaginar a cena, mas que não se encaixa tão bem nos diálogos, que acabam ficando gigantescos e se arrastando por varias paginas.
Da metade para o fim, os filhotes Melbourne ficam mais em segundo plano, senti falta do Tim, lindo e brincalhão, que deu lugar a um Tim serio e meio rabugento. Mas fui recompensada com um novo amor. Siim, fiquei completamente apaixonada pelo Peter... ai,ai,ai. Ele é uma personagem completo, lindo,inteligente e o melhor de tudo : Super engraçado. Os diálogos envolvendo o Pete é certeza de uma boa dose de sarcasmo, misturado a um humor meio negro, o que resulta em o leitor rindo horrores.
(...)Peggy armou  um arzinho que era pura provocação.
 - Bom, e o que você fazia se fosse  ao contrario? Se fosse eu que estivesse semidestruida, com as roupas em frangalhos,cheia de terra, pó e sangue? Ia ficar pensando em todos esses escrúpulos ou ia simplesmente cuida de mim?
 - Ao que me consta, não aconteceu NADA! E não fique me provocando!
 - Mas não aconteceu nada mesmo - retrucou Peggy, já sorrindo. -  Foi o mestre e só o mestre que deu banho em você.Também foi ele que tratou dos ferimentos que tinha no seu traseiro.
Peter espremeu um "QUÊ!!" esganiçado.
 - Pediu para avisar que é para ter cautela quando sentar.E não sei por que você esta tão vermelho.Não tem nada em você que seja motivo para encabular.O mestre disse isso, é claro.Eu não vi nada.Não sei de nada.(...)
Uma coisa que se perdeu neste livro é a famosa escola Champ-Bleux, que é aguardada por todos, mas que neste segundo volume nem foi citada.
Em resumo, só posso dizer que Linhagens é muito mais "agitado" que o Cisne, a leitura também flui bem mais fácil, já que é neste livro que os problemas estão realmente aparecendo, tornando assim a leitura mais instigante.
Como eu falei lá em cima, o livro ainda não foi publicado, chegou para nos "encadernado" e sem diagramação, então não posso avaliar como ficará a obra final, mas levando em consideração o livro anterior, tenho certeza que vai ser ótimo, já que no Cisne não é possível encontrar erros de revisão.
Pessoal que já leu o Cisne, corre e leia Linhagens, vc vai adorar!! Para quem ainda não conhece a serie, de uma olhada na resenha do primeiro livro clicando aqui, e suba abordo também, nesta família numerosa sempre cabe mais um, e não estou falando dos Melbourne, mas sim da família de fãs da Eleonor.

Sobre a autora:

Pediatra por formação, Eleonor é escritora de coração. Lê desde que descobriu o que eram livros e, desde o primeiro livro, descobriu que adorava contar histórias. No começo eram as dos livros. Mais tarde, as dos livros com alguns acréscimos. Na adolescência, surgiram personagens, lugares e situações que não vinham de livro algum, iniciando a longa moldagem da distopia onde se passa “Uma geração. Todas as decisões.”, cujo primeiro livro, Cisne, foi lançado em dezembro de 2012.


14 comentários:

  1. Sou doida para ler ''Cisne'', e mesmo assim, não resisti em ler sua resenha.
    Achei legal que a continuação também é enooooorme. Seria estranho ver o primeiro tão grandioso e o segundo um tanto ''magrinho''.
    Gostei de saber que o foco não é em tantos personagens como li em resenha sobre o primeiro livro, que sempre destacam a quantidade de personagens envolvidos.

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho bastante curiosidade sobre Cisne e ela só aumentou depois dessas resenha!!!
    Gostei dessa capa!! Com certeza vou ler essa série!!!

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia nenhum destes livros, não li a resenha do Cisne mas parece ser muito bom. Gostei muito de Linhagens, deve ter vários mistérios ... adoro livros assim.

    ~~~> http://garota-oblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu não li a resenha pois não curto spoilers adoro dar, mas não gosto de ouvir pois tira a graça, e o primeiro livro o Cisne é bem grande né acho que eu teria preguiça de ler, e Linhagens também é bem compridinho.

    ResponderExcluir
  5. Ainda planejo ler o Cisne, basicamente li resenha boa atrás de resenha boa. Pelo jeito a continuação vai ser assim também.

    ResponderExcluir
  6. Ahhhh vou começar a ler Cisne essa semana já. Estou bem empolgada. Achei a capa de Linhagens MUITO linda. Vi que é grandão também, a autora se empolga, rs.

    ResponderExcluir
  7. Já li Cisne e estou louquinha por Linhagens.
    Vou esperar as férias para lê-lo.
    As capas são lindas.

    ResponderExcluir
  8. Fiquei super fascinada! muito ótima a resenha,parabéns e a capa surpreendente.

    ResponderExcluir
  9. Gostei da resenha e percebi que esse livro é mais instigante, tem mais ações motivando mais o leitor.

    ResponderExcluir
  10. Aparentemente posso ter me enganado quanto a minha opinião do primeiro livro, com essa resenha dá-se uma vontade imensa de lê-los e tentar completar até o que realmente sugere a autora.

    ResponderExcluir
  11. Estou encantada com esta continuação. A história tem um encantamento próprio. Os personagens continuam sendo o que mais chama a atenção na trama e a riqueza de detalhes, é pra deixar qualquer um deslumbrado. Amei e com certeza vou ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. gostei da resenha, estou interessada para ler.

    ResponderExcluir
  13. Na primeira frase da sinopse ja me apaixonei pelo livro,esta na minha lista!

    ResponderExcluir
  14. Apesar de esse livro ser menor do que o anterior, esse me parece que teve mais problemas em relação ao tamanho dos diálogos. Acabou ficando com pontos de lentidão que não são tão legais assim. O bom é que de maneira geral, a história continua extremamente boa e recomendável. Claro que quero conhecer essa série em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png