13 novembro 2013

Resenha: Destruída - Contos de uma Adolescente sem Rumo - Vol 1


Autora: Karine Ribeiro
Páginas: 245
Ano: 2013
Edição Digital: Para comprá-lo, clique AQUI.

Livro digital cedido em parceria com a autora

Sinopse: 


Paixão. Sangue. Segredos.
Ela Não está a salvo de si mesma.

Orfanatos costumam ser moradia de crianças cheias da esperança de um dia conseguir um lar para viver, mas o Trinity não é assim. Por trás da fachada de rede de ensino e abrigo para órfãos, esconde-se uma instituição voltada para adolescentes problemáticos. Um lugar que oferece de tudo, menos apoio e atenção suficientes para orientá-los adequadamente. Afastado do restante do mundo, protegido por imponentes muros e uma densa floresta, o Trinity é povoado de sociedades secretas que escondem segredos obscuros. Miranda Wayne, a recém-chegada que acaba de perder os pais em um acidente de carro, é logo convocada à Adaga & Sangue. Parece a solução perfeita para seus problemas: esquecer o passado e começar a reescrever o futuro. No entanto, seus planos vão por água abaixo quando um antigo vício volta à tona, sendo agravado por sua incontrolável paixão por William Hooke — o rapaz que, por escolha dela, é responsável por mergulhá-la nos hábitos da Adaga & Sangue. Enquanto tenta lidar com seus próprios demônios e esquivar-se do insistente domínio de William, Miranda tem outro obstáculo pela frente: atormentada pela perseguição de um stalker, ela terá que decidir entre lutar ou desistir... De tudo. Mas por quanto tempo Miranda conseguirá esconder a verdade de seu passado?

Resenha: 
No início convencia-se de que aquela era sua forma de se autopunir, de sentir dor por seus pensamentos pecaminosos e horríveis - luxúria e desejo de torturar e matar povoava sua mente. Para não ferir ninguém, feria a si mesma.

Em Destruída, conhecemos Miranda, uma adolescente que perdeu os pais em uma acidente de carro. Miranda é então enviada para o orfanato Trinity, onde passa seus dias se escondendo, sendo invisível a todos. Até que é convocada a entrar para uma sociedade secreta, a Adaga & Sangue. Miranda finge não saber o porque da convocação, mas um Bloodaholic (pessoas que são viciadas em sangue humano) conhece o outro, e todos da sociedade sabe o que Miranda faz quando está sozinha.

Mas a Adaga & Sangue, esconde muitos segredos, e seus associados, mais ainda. Assim que é iniciada, Miranda passa a dividir com esse grupo, seus segredos mais obscuros e conhece Willian, por quem logo de cara, se sente atraída. Mas Willian pode ser lindo e sedutor, mas é a pior escolha de Miranda entre todos!


Com um enredo arrebatador e macabro, Destruída trás um mundo novo, conhecido como Trinity. Esse orfanato que em momento nenhum foi especificado onde fica, possui alunos um tanto fora do normal. Além da Adaga & Sangue, conhecemos outras sociedades existentes no Trinity, mas o foco principal são os alunos da Adaga & Sangue. Com uma escrita marcante e simples, Karine nos leva ao mundo dos órfãos. Adolescentes que querem atenção e carinho, mas com uma pegada psicótica e totalmente dark.

Com personagens que vão conquistar o leitor e fazê-lo ficar indeciso, Karine nos mostra como uma perda pode afetar o ser humano. Miranda é uma adolescente problemática, e confesso que senti uma angústia imensa lendo este livro. Não gosto de personagens frágeis e que dependem dos outros. No começo, detestei Miranda, mas no decorrer das páginas, ela ganhou minha atenção e respeito. Acabei por impulso, lendo algumas resenhas deste livro no site da autora (vcs tbm podem ler clicando no link no final da resenha), e fiquei boba com algumas comparações que outras resenhas fizeram. Vocês não vão encontrar vampiros aqui. O que vocês vão encontrar, são adolescentes que trocam sangue entre si. Como o livro tem uma pegada sexy (nada pornô viu, NADA), não consigo entender a comparação com 50 Tons. Além do fato de Miranda ser submissa a Will (por um motivo totalmente diferente de Ana), nada mais se compara e este enredo.


O que falar do Will? Bem, teimoso, se acha a última azeitona do pacote, dominador, sádico.... enfim, posso ficar aqui a tarde inteira descrevendo esse ser repulsivo que ganhou o coração da nossa protagonista. Mas Will tem motivos para ser o que é, e confesso que senti até uma certa pena dele, mas logo passava quando ele chamava a Miranda de "brinquedinho". Meu desafeto total neste livro foi Victor. Não vou explicar porque senão vou acabar dando spoiller, mas.... tenho meus motivos! ¬¬ rsrsrsrsrsrsr

Miranda e Will estão ligados na Adaga & Sangue, Miranda o escolheu! Will é o iniciador de Miranda e de acordo com as regras da sociedade, ambos só podem beber sangue um do outro. Mas um antigo amor pode voltar a tona, e apesar de Will negar veemente que só quer Miranda para distração, algo o atraí nela. Um desejo de proteger e cuidar é despertado em Will, mas ele não conhece Miranda, não sabe de seus segredos, e teme descobrir.

Um livro que vai fazer vc devorar cada página, tenho que parabenizar a autora pelo excelente trabalho! Karine soube me levar para o orfanato e me cativou com seus personagens. Um misto de suspense e terror te esperam nas páginas deste livro. Todos os personagens são dúbios. Vc não sabe distinguir o caráter deles. Eu achei isso maravilhoso! É muito difícil criar um personagem que não demonstre seu caráter, e criar vários foi magnífico da parte da autora. A capa é linda demais e descreve perfeitamente o enredo, a diagramação é simples, mas muito bem feita, encontrei poucos erros de revisão. A narrativa é em terceira pessoa, mesclando entre os personagens principais. Fiquei encantada com essa história que, querendo ou não, foi escrita por uma menina! Karine Ribeiro tem apenas 16 anos e já escreve assim! Você vê em sua escrita a fragilidade do personagem e a dependência do mesmo por atenção e carinho. Mas, ao mesmo tempo, Karine introduz um receio, um lado sombrio, que pode ou não tomar conta do personagem e acabar machucando as pessoas. Um dos melhores livros que li este ano em quesito de mistério e suspense. Só tenho a agradecer a autora pela parceria e pela satisfação de ler algo tão bom! Destruída, foge de tudo o que já li! Juro que só li algo assim em livros internacionais. Prepare-se para fortes emoções!


Confesso que estou muito curiosa pelas continuações, quando o livro acabou eu fiquei doida! Vocês não imaginam o desespero. Apesar de não ter gostado muito de Miranda no começo do livro, tive uma certa simpatia por ela em alguns momentos, os momentos de raiva, era sempre quando Will estava por perto. Ele a tratava tão mal e ela ficava ali, sem fazer nada, aceitando aquela ofensa. Mas Will também se mostrou um personagem peculiar. Você não sabe o que ele fará até ir lá e fazer. Enfim, leiam Destruída, tenho certeza que encantará vocês tanto quanto me encantou!

Imagens retiradas do site da autora, para vê-las e saber mais sobre a obra, clique AQUI. ou curta a fanpage da série AQUI.

Série Contos de uma Adolescente sem Rumo:
Vol 1: Destruída
Vol 2: Iludida
Vol 3: Culpada
Vol 4: Vingada
Vol Extra: Alessa


Avaliação:


Sobre a autora:


Karine Ribeiro nasceu em 1997 e reside em Minas Gerais. É apaixonada por literatura desde que se entende por gente, sendo o autor americano Stephen King fonte de sua inspiração. Esboça romances desde os 11 anos, mas somente aos 13 teve a ideia dos Contos de uma Adolescente sem Rumo. É completamente fascinada pelo Japão e sua cultura — o que reflete no seu modo de se comportar e vestir —, sendo que um de seus maiores desejos é visitar o país. Não vive sem Rock 'n' Roll e suas vertentes, que possuem músicas que embalam e são trilhas sonoras de suas histórias.



7 comentários:

  1. Karine tem só 16 anos? Uau! Parabéns, escrever um livro e conseguir publicá-lo nessa idade é uma conquista enorme. Quem sabe no futuro eu também consiga, não?
    Devo dizer que o enredo do livro é bem interessante. Não curto histórias que tem garotas submissas, porque deixa a leitura revoltante, mas no geral achei o enredo muito bem elaborado. Ao ler a resenha desperta uma curiosidade grande para descobrir o que acontece dentro dessa sociedade tão sombria.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. OMG! Fiquei tipo de boca aberta! A história parece ser muito boa e eu com certeza leria! Mas fiquei me perguntando por que a autora gosta do Japão?

    ResponderExcluir
  3. Não preciso dizer que estou apaixonada pela autora novamente, né? Ela me encantou com seu jeito, e pelo fato de curtir a cultura oriental.
    A história do livro parece ser bem interessante, e ser escrito por uma menina me deixa ainda mais curiosa.
    Vou procurar saber mais sobre a obra com toda a certeza.
    E gente, ela ainda é mineira *--------*

    ResponderExcluir
  4. 16 anos e já conseguiu publicar um livro? Fiquei impressionada! haha
    E o livro parece ser ótimo, sua resenha mostrou bem como o livro pode ser, gostei! ^^

    ResponderExcluir
  5. Olá Ana Paula!! Não conhecia este livro,mas achei demais a historia, e parabéns a autora que é super nova e já tem um livro!! Historia interessante e com esta capa linda!! Dica anotada!!

    ResponderExcluir
  6. Fiquei impressionada com a idade Karine.

    Li o livro e fiquei fascinada com o conto.
    Amo o suspense que a Karine criou.
    Estou ansiosa para ler a continuação da estoria!!

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz