11 junho 2014

Resenha: Paraíso - Deyse R. Nicoli


Editora: Novo Século
ISBN: 9788576798484
Ano: 2012
Páginas: 400
Adicione no "Orelha de Livro"
Melhor Preço - Saraiva - R$ 9,90

Livro cedido em parceria com a autora


Sinopse: Está é a história de uma mulher como muitas outras. Marcada por suas tragédias pessoais, cansada, sem expectativas ou sonhos, Débora deixa sua família e parte em busca de uma nova vida. Sua fuga a levará a um lugar distante de tudo o que ela conhecia. Uma grande fazenda, localizada na pequena cidade de Vila Paraíso. O lugar a surpreende de diversas maneiras. A paisagem é de tirar o fôlego, o novo trabalho é tudo o que ela precisava, e as pessoas, a extensão de sua própria família. Tudo parecia perfeito, mas Marcos, um dos donos da fazenda, vai macular a perfeição desse Paraíso. Ele fará de tudo para afastar Débora de sua fazenda, transformando a tranquilidade de sua nova vida numa sucessão de acontecimentos surpreendentes e angustiantes. Os dois irão travar uma batalha visando proteger suas feridas e esconder as cicatrizes que carregam dentro de si. Porém, um poderoso sentimento surgirá entre eles, fazendo-os abandonar seus princípios e questionar sua própria sanidade. Poderá esse sentimento apagar todas as cicatrizes que eles carregam?
Resenha:

"É uma pena que a maioria das pessoas nunca chegue a este lugar. Eu, pelo menos, nem cheguei perto. No entanto, posso dizer que estive do outro lado. Onde ninguém quer estar. No lugar antagônico ao Paraíso. Você deve imaginar do que estou falando. Mas não pode saber como foi estar lá. Esse castigo é reservado a alguns que, como eu, andaram pela estrada mais larga. É o preço do livre-arbítrio."
Como a sinopse diz, em Paraíso, vamos conhecer Débora, uma mulher de seus 28 anos que já sofreu muito. Cansada de seu passado turbulento, Débora resolve deixar sua família e ir em busca de novos ares. Uma mulher forte, decidida a superar seus medos e incertezas. Consegue um emprego como professora em uma fazenda, numa pequena cidade, chamada Vila Paraíso. A fazenda em questão é a Boa Vista, administrada por Marcos e seus irmãos. Em sua chegada, Débora é bem recebida por todos, Dona Carmen, a matriarca da família, logo a faz sentir-se em casa, e os "meninos" - Léo e Max, juntamente com Eva, esposa de Max, a recebem de braços abertos. Mas antes mesmo de chegar a seu destino, Débora sente que Marcos, o filho mais velho, será um problema, o que só se confirma com sua estadia na fazenda.


"Sorri para mim mesma. Sentia-me um pouco como a Bela chegando ao castelo da Fera. Devaneios... Precisava controlar minha imaginação, afinal, eu nem conhecia o tal Marcos. E eu também não era o que se poderia chamar de "Bela". Acho que a fera poderia ser eu - pensei divertida".
A princípio, Marcos é rude e faz de tudo para deixá-la desconfortável e afastá-la dali. Mas ele nem sempre foi assim: seu passado também não é dos melhores, houve tempos em que Marcos era um homem diferente, um homem carinhoso e educado. Mas o que Débora não poderia esperar era sentir uma paixão arrebatadora por este homem grosso, e, depois de tudo o que ela já passou, não quer se machucar novamente... ela ainda carrega marcas do passado sofrido - marcas no corpo e na mente.



Gente, que livro é esse? Sabe quando vc não consegue parar de ler? É.... esse aqui é assim! Eu fiquei apaixonada pela história de Débora e faço esta resenha com os olhos marejados de lágrimas, um livro absolutamente completo, tudo na medida certa: drama, romance, família, divertido e apaixonante. Não consigo descrever este livro com outras palavras, a não ser PERFEITO!



Deyse tocou na minha ferida, criou uma história que encanta e fascina, nos faz pensar na realidade que muitas mulheres sofrem, e nos mostrou do que um homem que foi machucado por uma mulher pode se tornar. Com uma escrita leve e concentrada, narrada em primeira pessoa pela protagonista, vivemos as incertezas e medos de Débora, sentimos suas emoções e desejamos realmente que ela encontre seu paraíso. Uma personagem muito bem construída e carismática, que possui os mesmos sonhos de qualquer mulher: amar, ser amada e construir uma família.
Marcos é o tipo de personagem que apaixona a primeira lida! rsrsrsrsrrs Fora o fato é claro, da autora melhorar a visão do personagem comparando-o ao Hugh Jackman (Wolverine *o*). Confesso que apartir deste momento, apaixonei total e irremediavelmente!

"Arrisquei levantar os olhos e levei um choque. Provavelmente de 200 Watts, pois meu corpo todo esquentou e minhas mãos suaram. Estava diante da mais espetacular figura masculina que eu já havia visto. Não consegui desviar os olhos. O rosto severo com um olhar agressivo e profundo prendeu-me de maneira estranha. Eu estava fascinada. Tudo nele combinava como um conjunto perfeito. O nariz levemente torto, a barba curta, o cabelo espesso e escuro que caía meio sem corte pelo pescoço. Parecia Hugh Jackman na figura de meu herói preferido: Wolverine. E muito nervoso. Senti-me ainda mais ridícula."
Sem contar a descrição da natureza do lugar. A fazenda é um verdadeiro paraíso. Tudo muito bem detalhado pela autora nos mínimos detalhes. Outra coisa que também gostei muito, foi o amor em seu estado mais real- o amor em família! A família de Marcos é espanhola e muito receptiva, entre eles, há aquele amor verdadeiro sabe? Aquele amor que aquece e consola. A família de Débora também! Apesar de serem poucos os momentos que ela passou com sua família, toda a vez que ela falava neles, você podia sentir a saudade, amor e carinho que ambos sentem entre si! Por isso digo que este livro é perfeito, não poderia acrescentar mais nada ao enredo. Com cenas marcantes muito bem desenvolvidas, tenho certeza que paraíso conquistará vc!



A capa é linda e incorpora bem o enredo do livro. A diagramação do livro é simples, com folhas amarelas e letras em um tamanho bom para a leitura. Os capítulos são separados por números romanos e um pouco longos, cerca de 6 a 7 páginas, mas que você não vê passar pela intensidade dos acontecimentos. A revisão que deixou um pouco a desejar, com erros bobos, mas que não prejudicam a leitura. 
Se vc ainda não leu este livro, não perca a oportunidade e aprecie sem moderação, prepare-se para sorrir, chorar, torcer por um final feliz! Acho que deu para perceber pelas fotos que o meu exemplar esta cheio de quotes inesquecíveis e claro que entrou para minha lista de preferidos! Super recomendado! 

"Deixei minhas mãos enlaçarem seu pescoço e encostei a cabeça em seu peito. Eu podia ouvir o som de sua respiração e o bater de seu coração. E senti, naquele momento, que nada se comparava àquilo. Tão poderoso, tão forte. Quase dor. Eu sabia que jamais esqueceria aquela sensação. Jamais esqueceria o calor do corpo de Marcos encostado ao meu. Ou as batidas descompassadas de seu coração junto ao meu ouvido. E, se no fim só restasse isso, teria valido a pena."

Avaliação:


Sobre a autora:


Deyse Ramos Nicoli é professora há dezessete anos, pós-graduada em história e educação infantil. Sempre foi apaixonada por livros, especialmente pelos romances. Escrever era um sonho que ficou guardado por longos anos e que só agora se tornou real. Paraíso é seu primeiro livro. Uma história que tem um pouco de seu próprio ser e de suas fantasias. Tem pouco tempo para escrever, pois, além do trabalho, compartilha sua vida com os três filhos e o marido. Apesar disso, sempre que tem um tempo livre, rabisca resumos de histórias que imagina, às vezes, no meio da noite.



PS: Estamos sorteando este livro na Promoção Rumo aos 2000 seguidores, gostou da resenha? Clique AQUI e participe da promo, vai que vc ganha, ai vc tbm vai conhecer o Marcos!!!! *0*Bjo bjo^^

10 comentários:

  1. Gostaria muito de ler esse livro, pois gostei muito do enredo. A capa é muito bonita. A literatura nacional está cada vez melhor.

    ResponderExcluir
  2. Paraíso realmente parece ser um romance muito lindo. Eu não conhecia a obra e nem a autora, mas fiquei bem curiosa pra ler a história e Débora e Marcos e saber o que tanto os machucou.

    Bjok

    ResponderExcluir
  3. OI!
    Só queria saber se o personagem principal tem um jeito meio rústico porque se tiver vai ficar ainda mais tentador. Gostei da autora apresentar o personagem Marcos também ferido, a maioria dos livros quem sempre sofrem ou já sofreram é a mulher, essa ideia de mostrar a fragilidade e até mesmo a superação de ambas as partes é uma ótima ideia.
    Gostaria de lê-lo.

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha, você passou todo o prazer de tê-lo lido nela! Fiquei morrendo de vontade de ler esse livro, a capa é mesmo linda e o enredo parece envolvente! Quero muito conhecer o Marcos... Tenho a maior queda pelo Hugh Jackman!

    ResponderExcluir
  5. Oi, td bom?
    Não conhecia o livro, mas gostei bastante da sinopse e da sua resenha. Adoro livros com personagens bem construídos e paisagens bucólicas *.* hehe
    Beijos
    Arrastando as Alpargatas

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha e amei o livro. Parece ser uma história bem intensa, com uma pitada de tudo que eu gosto!! Os personagens são muito carismáticos e só o fato do marcos parecer com o Hugh Jackman... já me deixou fascinada. Estou doida pra conhecer mais sobre o romance dos dois!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o livro!!! Não conhecia a autora, mas esse livro está na minha listinha! E o preço, ainda melhor. A capa é maravilhosa e a sinopse muito boa. Parece ser um livro meio água com açúcar, mas mesmo assim vou ler.

    Um beijo,
    Lê.

    ResponderExcluir
  8. AHHHHHH Demorei mas cheguei! kkkk
    Adorei a resenha Ana, AMEI esse livro! É lindoooooo... ta no topo da lista de "nacionais preferidos". Não vejo a hora de conhecer a Deyse para tietar !!
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  9. O livro não me chamou a atenção.
    Mas para quem curte leituras assim e por ser nacional ainda, boa dica. =)

    ResponderExcluir
  10. Sou LOUCA por Paraíso. Deyse soube descrever as cenas de tal forma que me senti parte da família. Amo.

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz