30 dezembro 2014

Resenha: Magisterium - O Desafio de Ferro - Livro I - Holly Black e Cassandra Clare

Edição: 1
Editora: #Irado 
ISBN: 9788581635576
Ano: 2014
Páginas: 384
Tradutor: Amanda Orlando
Adicione no "Orelha de Livro"
Compre AQUI - R$ 17,90
Sinopse: AMIGOS E INIMIGOS. PERIGO E MAGIA. MORTE E VIDA. A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro. Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar. Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior... mas falha em seu plano de falhar. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro. Magisterium - O Desafio de Ferro nasceu da extraordinária imaginação das autoras best-seller Holly Black e Cassandra Clare. Um mergulho alucinante em um universo mágico e inexplorado.
Resenha:
"Outras crianças da turma de Call tinham medo do escuro, do monstro debaixo da cama, de zumbis ou de assassinos com machados gigantes. Call temia os magos, e o seu medo era mais intenso que o de qualquer garoto."
Aí você pensa: Não há mais nada que esses autores lindos possam inventar, já tem de tudo neste mundo literário, são só versões diferentes da mesma história. Mentira! Essas duas lindas, conseguiram criar personagens maravilhosos, dentro de um enredo infanto-juvenil que encantará todas as idades!
O Desafio de Ferro é um livro lindo começando pelo lado físico: A capa é linda demais, fosca com detalhes em verniz em algumas partes. Por dentro, em cada capítulo, ha uma imagem dos personagens e também o símbolo do Magisterium que é uma escola que forma possíveis magos. 


"Os magos instigarão você com belas ilusões e mentiras elaboradas. Não caia na conversa deles."
Aqui, vamos conhecer Callun Hunt, um menino de 12 anos que possui um problema na perna, e por causa disso, sempre é deixado de lado pelos seus colegas. Call não tem amigos, todos acham ele esquisito. Seu pai Alastair, sempre o manteve longe da magia. Desde o nascimento de Call que Alastair, um mago formado, não utiliza a magia. Mas agora, Call foi convocado para o Desafio de Ferro, sua meta é falhar, mas ele acaba falhando em falhar... seu pai não o quer no Magisterium, Call também não quer ir, mas os motivos de ambos são totalmente diferentes.
"Os Dominados pelo Caos são servos do Inimigo. Eles têm um pedaço do vazio dentro de si, o que os torna mais espertos que outros animais, porém mais insanos e sedentos por sangue. Só o inimigo ou um de seus servos podem controlá-los."

Sabe aquele personagem que te cativa logo que você começa a leitura? É! Call é esse personagem! Por mais que ele tente, ele não consegue ser indiferente a tudo que o cerca dentro do Magisterium. Mesmo com todas as coisas que seu pai lhe falou sobre como os magos são maus e que não se importam com os aprendizes, Call fica fascinado com o poder que ele pode controlar. Um garoto que sempre quis poder correr e agora pode voar. Um garoto que nunca teve amigos, e agora ele tem dois. Um garoto que só queria ser comum, mas descobriu que pode ser um mago!



Com uma história cativante, com Magos, Devoradores do Caos, animais Devorados pelo Caos e muitos mistérios, Holly e Cassandra prendem o leitor em uma aventura eletrizante, cheia de mistérios e segredos. Com personagens marcantes e engraçados, essa história vai fazer você desejar desesperadamente o próximo volume e torcer para Call conseguir superar seus desafios junto com seus amigos Aaron e Tamara. 
"O fogo quer queimar. A água quer fluir. O ar quer se erguer. A terra quer unir. O caos quer devorar."

Como eu disse, a edição está perfeita! A narrativa é em terceira pessoa, com foco principal em Call. Este é o primeiro livro do selo #irado que leio, e adorei o livro todo! Muito bonito mesmo, a editora fez um belo trabalho, não encontrei nenhum erro de revisão. Também é o primeiro livro que leio de Holly Black, Cassandra é autora da série Os Instrumentos Mortais, que eu amo, e foi mais por isso que eu comprei este livro, mas confesso que essas duas juntas, conseguiram ser maravilhosas e me prender totalmente na trama!
""Ótimo", Call pensou. "O Mestre Rufus disse que eu só tenho que suportar este ano, então eu vou fazer isso. Vou ser o melhor mago deste lugar, só porque ninguém acha que eu posso fazer isso. Nunca tentei de verdade antes, mas vou tentar agora.""
Enfim, deixa eu parar, senão conto tudo! rsrsrsrsrs
Super recomendo a leitura! Deixe-se envolver pelas paredes de pedra do Magisteruim, encare a morte de frente, conheça Call e se apaixone pelo seu jeito irreverente!




Avaliação:



Sobre as autoras:



Cassandra Clare é filha de pais americanos e nasceu em Teerã, Irã, e passou grande parte de sua infância viajando com sua família, incluindo uma expedição ao Himalaia quando bebê, que a fez viver durante um mês dentro da mochila de seu pai. Ela viveu na França, Inglaterra e Suíça antes de completar dez anos. Por sua família mudar-se tanto, ela encontrou conforto nos livros e sempre tinha um em baixo dos braços. Passou seu colegial em Los Angeles, onde ela costumava escrever histórias para entreter seus colegas de classe, incluindo um romance épico chamado “The Beautiful Cassandra” (A Bela Cassandra) baseado em uma pequena história de Jane Austen de mesmo nome (e que inspiro seu atual pseudônimo).

Holly Black é autora de best sellers de fantasia contemporânea para adolescentes e crianças. Ela cresceu em Nova Jersey e amava ler e escrever desde muito nova. O primeiro livro dela, Tithe: A Modern Faerie Tale, foi publicado em 2002. Tithe foi chamado de “obscuro, intenso, lindamente escrito e compulsivamente legível” pela Booklist e foi incluído na Associação Americana de Melhores livros para Jovens Adultos. Holly escreveu mais dois livros no mesmo universo, Valiant (2005), e a sequencia de Tithe, Ironside (2007), que passou cinco semanas na lista de melhores livros do New York Times.

15 comentários:

  1. Ahhh..! Adorei a resenha e magia é algo que me encanta hahaha (queria ser um bruxo, feiticeiro maaas).. :) Estou louco para começar o meu..!! Comprei faz um tempo já mas ainda não consegui ler :(

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ana.
    Eu quero muito ler esse livro, principalmente porque adoro a escrita da Cassandra e amo livros mais infantis. E tudo que tem magia é comigo mesmo. rs
    Adorei a resenha!


    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de dezembro

    ResponderExcluir
  3. Estava em dúvida se lia ou não esse livro, mas mudei de opinião ao ler a resenha. Em breve pretendo lê-lo.

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Também fico maravilhada com a criatividade desses autores, como conseguem inventar sempre novas histórias? Deve ser hiper difícil. Lendo sua resenha, sem dúvida parece ser um livro muito bom e eu adoro uma boa aventura, quando bem escrita, dá vontade de não largar. Adorei os detalhes nos capítulos.

    ResponderExcluir
  5. Tenho vontade de ler esse livro, a Cassandra eu sei que é demais a Holly eu não li nada ainda. Algumas pessoas viram semelhanças de Magisterium com Harry Potter, você notou alguma coisa assim Ana?
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia! Sim!!!! Notei!
      Mas olha, são poucas coisas, na verdade Harry e Call carregam praticamente o mesmo destino.... não sei como explicar sem dar spoiler, mas gostei muito mesmo assim!

      Bjo^^

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Nossa que coisa hein, fiquei curiosa para ler esse livro, quero saber como as duas conseguiram inovar, essa é a primeira resenha que leio do livro, gosto muito de infanto-juvenil, esse pelo visto irá me agradar muito, já li Cidade dos ossos da Cassandra, mas ainda não li nada da Holly.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ana.

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro. Já comprei ele, mas ainda não li. Fiquei bem empolgada depois de sua resenha. A pessoa falhar em falhar é tenso. Isso foi o que me chamou muito a atenção. Amoooo a Cassie e ainda não conheço o trabalho da Holly, mas já acho que irei amar a leitura.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    ResponderExcluir
  8. Achei bem similar a hp um pouco. Não sei se pelos personagens ou o que. Ainda bem que elas conseguiram criar algo ótimo juntas. Achei bem legal esse teste aonde vão para Magisterum. E o personagem por ser cativante para tu, me interessou também, fora seus poderes. Parece ser super bem desenvolvido, e ainda mais com cenas marcantes mesmo. Quero ler, mas não aquela coisa de morrer sabe? Apenas quero ler, e tomara que eu goste.
    Abraços Ana,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  9. Esse é um dos poucos livros infanto-juvenis que realmente me chama atenção. Gosto muito de histórias que se relacionem com a magia, e esse, pelo que vi, é o tema central desta trama. Além disso, as autoras já tem uma escrita bastante consagrada, acredito que o livro tenha todos os motivos para ser um grande sucesso.

    ResponderExcluir
  10. Esse livro também foi lançado cá em Portugal com o nome A Prova do Ferro e eu recebi de prendinha de Natal *-* será uma das minha primeiras leituras de 2015 <3
    Beijinho
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  11. Oii Anda :}

    Ganhei o livro esse mês, e confesso que já estava doida por ele desde o lançamento porque adoro a escrita da Cassandra. Da Holly Black só li A meninas mais fria de Coldtown e gostei bastante .. Então estou com expectativas bem altas em relação a esse livro.
    Adorei o enredo que as autoras criaram.. Espero gostar também!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Parece ser um livro de fantasia muito bom e une duas autoras sensacionais, quero ler assim que possível, não no momento mas em breve!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  13. A parceira das autoras é um ótimo ganho para a literatura.
    Espero ver mais trabalhos das duas juntas ou com outros autores.
    E que o selo #irado continue surpreendendo positivamente!

    ResponderExcluir
  14. Oii
    Eu não estava muito animado em ler esse livro, mesmo com todo o alvoroço da blogosfera. Sei lá, me desanimei. Mas agora... você me deixou muito curiosa, mulher! Louca pra ler logo! Kkkk Eu achei a capa um arraso também, só seria melhor se fosse em capa dura haha
    Beijos

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz