05 setembro 2015

Resenha: O Milagre - O Amor Tem o Poder de Superar Até os Mais Difíceis Obstáculos - Nicholas Sparks


Edição: 2
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414011
Ano: 2015
Páginas: 288

Adicione no Skoob
Compre AQUI - R$ 14,90

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Jeremy Marsh é um jornalista cético que dedica a vida a investigar e desmentir fenômenos sobrenaturais. Ele está no auge do sucesso, prestes a ir trabalhar na TV, quando recebe uma carta curiosa.Nela, uma senhora relata a ocorrência de luzes estranhas e fantasmagóricas no cemitério de Boone Creek, uma pequena cidade na Carolina do Norte. Farejando uma boa história, Jeremy sai de Nova York e vai passar uma semana lá.
Quando começa suas investigações, ele conhece a obstinada Lexie Darnell. Responsável pela biblioteca local, ela está determinada a proteger as pessoas e a cidade que tanto ama - e nem um pouco disposta a confiar no forasteiro. Depois de sofrer pelo término de dois relacionamentos, ela tem duas certezas: a primeira é de que seu lugar é em Boone Creek, e a segunda é de que não se pode acreditar num homem tão sedutor quanto Jeremy.
O que ela não imagina é que o jornalista também tem suas feridas. Ele nunca conseguiu superar completamente a dor de seu casamento desfeito e a frustração de saber que jamais poderá ser pai.
Enquanto tenta descobrir a verdade por trás das luzes do cemitério, Jeremy tem que desvendar também os próprios sentimentos e se vê diante de escolhas muito difíceis, entre elas a de voltar para a vida que conhece em Nova York ou fazer algo completamente novo: acreditar.
O milagre é um romance que explora os maiores mistérios de todos: os do coração.



Resenha:

Quando comecei a ler este livro, pensei em quão pequeno ela é. Diferentemente dos demais livros do autor, este possui somente 288 páginas, e a história é tão gostosa, que acabamos por assimilar uma quantidade de páginas menores ainda.


Em O Milagre, vamos conhecer Jeremy Marsh, e como a sinopse diz, o cara é cético e ganha a vida acabando com a vida dos outros. Outros esses que tentam mostrar ao público que possuem alguma magia, ou que viram fantasmas. O trabalho de Jeremy não é fácil, ele corre atrás, pesquisa tudo e todos para descobrir onde é que está arapuca. E até o presente momento do livro, desmascarou todos os possíveis médiuns, milagreiros e etc; até o presente momento do livro, nunca acreditou que milagres existissem e que sempre haveria uma resposta racional nesses supostos fenômenos...
"Havia ciência e havia o inexplicável, e Jeremy passara a vida tentando conciliar os dois. Ele deu ênfase à realidade, ridicularizou a magia e sentiu pena daqueles que realmente acreditavam naquilo...
Não, ele não conseguia explicar, e nunca conseguiria, nem no futuro. Aquilo desafiava as leis da biologia, destruía as convicções do homem que ele pensava ser."
Até que Jeremy recebe uma carta de uma moradora de Boone Creek. Uma cidadezinha do interior, pequena, pacata, mas que possui um cemitério onde luzes estranhas aparecem sempre que ha nevoeiro. Os moradores acreditam serem fantasmas e Jeremy embarca em mais uma viagem para descobrir o que são, de verdade, essas luzes.
O que Jeremy não esperava era conhecer Lexie. Bibliotecária da cidade, Lexie já sofreu muito com supostos homens charmosos e decidiu que não se envolveria mais. Lexie até que tenta, mas Jeremy acaba conseguindo quebrar o gelo que é o coração de Lexie. Mas e agora? Ele vai embora em poucos dias, ela vai ficar na cidade que ama... será que vale a pena investir em um relacionamento que já está fracassado antes de começar?


Sinceramente, eu esperava um pouco mais deste livro. Gostei muito da história, mas não chorei como nos demais livros do autor. Não digo que é um livro ruim, pois não é. A escrita de Sparks é maravilhosa, e cada livro que leio dele, só me deixa mais ansiosa pelo próximo. Mas O Milagre, infelizmente, não será um dos meus preferidos.
Achei Jeremy muito bem construído, com um ótimo senso se justiça e nada de cafajeste. Um homem comum, com desejos e sonhos comuns. Tá, ele é cético e não acredita em nada sobrenatural, mas é difícil não gostar de um personagem tão carismático e extrovertido.
Lexie por outro lado, me deixou desejosa por não correr atrás do que deseja... tudo bem que ela já sofreu com outros homens, mas quem nunca sofreu? Por causa de meia dúzia você deixaria de acreditar na felicidade? É... foi bem assim que me senti, e por diversas vezes, quis entrar no livro e dar umas sacudidas na Lexie! rsrsrsrsr
"Espíritos do além estavam sempre cercados por uma luz brilhante e angelical, envoltos por uma aura de paz e tranquilidade. Jeremy nunca ouvira falar de um guia espiritual se comunicando com aquele outro lugar, muito mais quente. Um ente querido nunca mencionava que estava sendo assado em um espeto ou cozido em um caldeirão de óleo de motor, por exemplo."
Os demais personagens também são muito bem escritos-do melhor amigo/agente de Jeremy (que é chato demais) a Doris, a moradora que enviou a carta, todos tem seu papel para a trama correr confortavelmente. A cidade também é bem descrita e os prédios históricos são imagináveis a ponto de você ver onde os personagens estão. Isso é uma das qualidades que amo nos livros do autor, ele descreve com emoção, não fica enfadonho nem deixa a história parada, é gostoso de se ler!


A capa é perfeita! Gosto mais desta do que a da primeira edição. Encontrei poucos erros de revisão, o que não prejudicou minha leitura. Os capítulos são bem distribuídos, numerados e com poucas páginas. A história em si, é linda e nos deixa com aquele gostinho de quero mais, depois do final maravilhoso! rsrsrsrsrs
"E era assim que ela a via agora. Sua biblioteca, como se esta fosse sua cidade. E, nesse exato momento, havia um estranho esperando por ela, um estranho que queria escrever uma matéria que podia não ser muito boa para a sua gente."
Então, mesmo com alguns pontos que não gostei, indico sim a leitura e leria novamente, apesar de ser clichê, Nicholas Sparks consegue nos tocar com suas histórias e os significados presente em seus livros, são de valia para a vida toda!


Avaliação:


Sobre o autor:



Nicholas Sparks nasceu em 1965 em Omaha, Nebraska. Cresceu em Fair Oaks na Califórnia e vive actualmente na Carolina do Norte com a família. Foi durante algum tempo delegado de informação médica até que Theresa Park, agente literária, decidiu começar a representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance O Diário de uma Paixão (The Notebook) à Warner Books. O sucesso foi imediato e a obra permaneceu durante 56 semanas consecutivas nos tops americanos. Seguiram-se livros como As Palavras que Nunca te Direi (Message in a Bottle) e Um amor para recordar (A Walk to Remember), Corações em Silêncio (The Rescue) também eles sucessos editoriais de grandes proporções, tendo o primeiro sido adaptado para versão cinematográfica pelo próprio autor.





10 comentários:

  1. Olá, Ana.
    Se tem um autor que eu tenho uma birra enorme, esse tal é o Nicholas Sparks. Já li alguns livros dele e não gostei, então acabei criando uma barreira enorme. rs
    O protagonista da obra talvez me agradasse, afinal gosto dos que são mais céticos. Mas só de ler a resenha já consigo imaginar o desfecho e achar alguns padrões. Exatamente por isso não gosto dos livros do Nicholas, acho-os repetitivos e previsíveis...
    Uma excelente resenha, mas apesar disso, não leria.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  2. Estou com um receio enorme de ler algum livro do Nicholas Sparks. Vejo enormes comentários sobre a "melosidade" da trama e o enorme drama protagonizado pelos personagens. Mas, um dia tenho que inciar, não é mesmo?! O Milagre foi um dos poucos livros que nunca vi do autor. Como já dito antes por mim e por você também, alguns pontos é de dar receio, como os clichês. Mas, fiquei feliz com a indicação.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana! Como vai?
    Fiquei surpresa como tema desse livro. Retratar fenômenos paranormais não é muito a cada do Nicholas Sparks, né?
    Na verdade eu posso até ter falado bobagem, pois não conheço muito do autor. Li poucas obras do mesmo, e sinceramente não gostei muito. Eu o acho muito trágico, sabe.... Acabo ficando deprimida ao ler livros dele! Rs....
    Pode ser que O Milagre venha a ser uma surpresa pra mim exatamente por ser tão diferente, aparentemente.
    Eu adorei o seu blog, seu layout é lindo!
    A classificação usando torres Eiffel ficou incrível!

    Aproveitando a oportunidade, gostaria de convidá-la a nos fazer uma visita!
    Acabamos de ingressar no mundo "bloguístico literário" e adoraria saber sua opinião sobre nosso blog! E, melhor, adoraria que nos visitasse sempre! Espero por você! Vem dar pitaco com a gente! :D

    http://pausaparapitacos.blogspot.com.br/

    Beijos!
    Bom feriado!
    Fabíola Carvalhais.

    ResponderExcluir
  4. Ana!
    Ler qualquer livro do Nicholas é sempre um aprendizado.
    Gostei do enredo onde o protagonista tenta desmestificar fenômenos sobrenaturais e curar sua próprias feridas.
    Pena não ter se emocionado tanto...
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Até hoje li somente dois livros de Nicholas e não nego em dizer que chorei com suas histórias. Com toda a certeza, é um dos meus autores preferidos.
    Já vi diversas opiniões sobre esse livro e a maioria negativa, mas não deixam de recomendar, como você fez. Pois sempre nos faz refletir sobre algo.
    Enfim, adorei tudo que já li dele até agora e tenho certeza de que não vou me decepcionar com esse ou outros livros.
    Realmente, essa capa está mais bonita do que da primeira edição, né?
    Resenha maravilhosa.
    Abçs Ana!!

    ResponderExcluir
  6. Vou ser sincera não gosto dos livros nem dos filmes do Nicolas, os acho depressivos sempre alguém tem de morrer, mas msm não gostando sempre abro uma exceção, gostei bastante de uma longa jornada e esse tbm me parece legal, não tão depressivo com uma história diferente, msm que o final pareça previsível como vc falou eu acho que é um livro legal, vou dar uma chance a ele!

    ResponderExcluir
  7. Oiii
    Eu amo os livros do nicholas sparks ,amei esse e curti o final dele.
    sei que ele tem uma continuação,mas ainda não li.
    Também achei essa capa melhor que a outra.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Ana!
    Eu não sou uma grande fã do autor, até porque leio poucos livros para chorar, então fiquei curiosa sobre esse exatamente por não ser tão emocionante... Vou deixar a dica anotada. Não lembro da edição antiga, mas gostei bastante dessa capa nova!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Acho que eu sou uma dos poucos leitores que ainda não leu nem um livro do autor Nicolas Sparks, todos meus amigos leitores já leram, todo mundo que eu conheço já leu e eu ainda não, e acho que o pior de tudo é que eu não tenho curiosidade nem uma de ler nem um livro dele, não sei por que mas simplesmente nem um livro chama minha atenção, inclusive esse, mas sua resenha está muito boa, quem sabe futuramente eu comece a despertar interesse pelos livros do Nicolas Sparks.

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Ate hoje só li um livro do Nicolas Sparks, gostei de saber que esse livro tem uma historia envolvente e também de saber que esse livro tem um lado mistico a capa está lindo e quero ver se consigo ler esse livro !!

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz