24 novembro 2015

(Novembro Nacional) Resenha: Colega de Quarto - “E se o seu maior pesadelo ganhasse vida?” - Victor Bonini


Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 9788562409509
Ano: 2015
Páginas: 280
Skoob

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento.
Primeiro, um par de chinelos.
Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso.
Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente.
Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento.
Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?

Resenha:

Colega de Quarto chegou até mim em parceria com a editora. Sabe aquele livro que te deita com taquicardia? É, este livro é assim. Do começo ao fim, o leitor se verá envolto em uma trama de mistério, mentiras, segredos e traições que nos levarão a suspeitar de todos, e independente do fim, deixá-lo com aquele gosto de quero mais!


Me surpreendi demais com esse livro e não consegui parar de lê-lo até virar a última página. Apesar de gostar muito do gênero, pensei que seria só mais um... ledo engano! Colega de Quarto faz jus as críticas e elogios que têm recebido desde seu lançamento e trás uma história urbana rica em detalhes, com protagonistas bem construídos e um mistério de tirar o fôlego literalmente.
"Não era sua imaginação. Vira mesmo um homem entrar em seu apartamento. Julgara que sua suposta neurose se limitasse às pistas a serem achadas no imóvel. Nunca sonhara que a coisa chegaria a esse ponto de exposição. Não supunha que chegaria a vê-lo pessoalmente - o seu colega de quarto invisível."
Com uma escrita ágil e bem definida, Victor Bonini cria personagens únicos. No começo, pensamos que o enredo é sobrenatural, pois não há explicações lógicas para o que acontece com Eric. Mas no decorrer das páginas e com a investigação incansável de Conrado Bardelli - um advogado / investigador - vamos descobrindo que isso não é obra do sobrenatural, mas de mãos humanas que são capazes de fazer qualquer coisa por dinheiro e para manter seus segredos escondidos.


Me peguei diversas vezes imaginando os culpados e me pondo no lugar de Bardelli, mas confesso que não consegui descobrir o assassino, não até a última parte, onde eu já tinha uma vaga ideia do que teria realmente acontecido. Victor consegue colocar pequenas pistas que passam despercebidas, mas juntando tudo, encontramos um enredo coerente e diversificado.
"- Não sugeriram mesmo que o senhor chamasse a polícia? Hein?
E com uma intensa exclamação final, que soou como um rugido pelos dez andares do edifício, o jovem retrucou:
- Não!Conrado Bardelli voltou ao escritório, fechou a porta e suspirou. Chacoalhou a cabeça, confuso. Aquela era a primeira indicação de que algo estava mais errado do que parecia."
Com uma narrativa em terceira pessoa que acompanha os personagens essenciais para a trama e diálogos ágeis, sem floreios, o autor criou personagens reais, dentro de um cenário real - a cidade de São Paulo com suas nuvens cinzentas e alagamentos, ruas conhecidas e trânsito caótico. Meu personagem preferido, claro que é Bardelli. Ele foi tão real para mim que podia até visualizá-lo durante a leitura. Um homem movido pela curiosidade e pela culpa de não ter ajudado Eric quando o mesmo o procurou. Seus instintos são aguçados e sua inteligência, ferina. Bardelli é aquele personagem paizão: quer ajudar a todos, uma pessoa boa que não se deixa vencer pelos obstáculos. Também é engraçado e não leva desaforo para casa, Bardelli me tirou muitas risadas durante a leitura.


Acho que deu para perceber como me surpreendi com este livro e como gostei da história apresentada. Não tenho ressalvas, um livro perfeito do meu ponto de vista, possui tudo o que um bom livro deve ter, prende o leitor e mexe com nossa imaginação.
Fisicamente o livro também está perfeito! A Faro Editorial está de parabéns pela edição impecável! A capa condiz perfeitamente com o enredo; por dentro, as folhas são amarelas e possui letras em tamanho confortável para a leitura. O livro é divido em 3 partes: os capítulos são numerados e possuem títulos, o que revela um pouco do que acontecerá, mas não deixa a curiosidade ser sanada.
"E viu-se entristecido pela morte de um jovem que vivera de forma tão superficial, regada a dinheiro e produtos de marca, mas carente de emoções de verdade. Era como se não tivesse, de fato, vivido."
Acho até que rola uma série heim! rsrsrsrsrs Bardelli se tornou meu Myron Bolitar brasileiro, e quero muito conferir mais histórias deste personagem!
Enfim, termino minha resenha dizendo que virei grande fã do autor, gostei muito da leitura e indico sim para todos que gostam do gênero!



Avaliação:


Sobre o autor:




Victor Bonini é natural de São Paulo. Aos seis anos, mudou-se com a família para Vinhedo, interior do estado, onde morou até os dezoito. Foi quando ingressou na faculdade de jornalismo e voltou à capital. Formado em 2014, apresentou como trabalho de conclusão de curso um livro sobre o caso Pesseghini, abordando vários aspectos do crime que chocou o país em 2013. Seu trabalho, elogiado pela banca de avaliadores, escrito em parceria com Mariana Janjácomo, não foi publicado por um pré-acordo com a família das vítimas. Passou por outras grandes redações, como a TV Globo de São Paulo, GloboNews e Revista VEJA. Atualmente é repórter de vídeo da TV Gazeta.





6 comentários:

  1. Olá, Ana.
    Assim como aconteceu contigo, essa obra me deixou louco! O livro é incrível, o suspense é bem construído e o autor superou em muito as minhas expectativas.
    Também acho que poderia rolar uma série. haha

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana!!
    Vi no facebook alguns leitores falando desse livro e essa é a primeira resenha que leio dele. Não conhecia o autor, mas pelo visto o livro dele está agradando o pessoal. Eu amo livros com essa temática de mistério, que faz a gente ficar intrigado e tentando descobrir quem é o culpado, já imaginei um filme do livro rsrs. Vou colocar ele na minha lista de desejados e ver se compro na BF, eu disse que não ia comprar nada esse ano, mas mudei de ideia agora ehehe.
    Beijão
    Lilica - O maravilhoso mundo da leitura

    ResponderExcluir
  3. Olá, Ana.

    Menina que livro é esse? fiquei curiosa só de ler a sinopse e conforme fui lendo sua resenha uma certeza se apoderou de mim... Preciso ler esse livro! Parabéns pela resenha!
    Abraço,
    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ana1
    sinceramente... é um dos livros mais desejado por mim no momento.
    O enredo é envolvente e dá aquele medinho de saber o que está acontecendo, de acompanhar todo mistério do livro.
    “Sem a música, a vida seria um erro.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Ansiedade me define quando se trata desse livro, ganhei ele no blog Desbravadores de livros, e não vejo a hora de chegar, desde a primeira resenha que li e os elogios foram bem significativos minha curiosidade surgiu e a cada resenha que leio ela só aumenta.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
  6. OI! Parece ser um bom livro, já estou louca para ler, tramas que tem suspense e nos leva a ter um pouquinho de medo sempre me conquistam. Tudo parece ser obra de sobrenatural, mas já vi que o culpado é de carne e osso.

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz