13 fevereiro 2016

Resenha: O Lago Negro - Juliana Daglio

Edição: 1
Editora: Arwen
ISBN: 978-85-68255-11-7
Ano: 2015
Série: Sim. Livro #1

Páginas: 368
Skoob
Compre: Arwen Store 

Livro cedido em parceria com a editora
Verônica é uma garota problemática marcada por um passado traumático do qual mal se lembra, mas que lhe tirou o direito à total sanidade.
Ao se mudar para o interior, depois de passar no vestibular, ela se depara com o local perfeito para se inspirar e, finalmente, transformar seus personagens imaginários em um livro. Lagoana é uma cidade nebulosa, úmida, habitada por almas quietas e pouco amigáveis. Porém, o clima obscuro não despertará somente a criatividade, mas também acordará seus fantasmas mais profundos.
Prestes a perder o controle sobre sua trama e sua mente, Verônica conhece um estrangeiro de sorriso cafajeste e olhos azuis e, desconfiada de suas intenções, ela guarda segredo quanto ao seu livro, mas não sabe que Liam também tem os seus.
Verônica nem desconfia, mas eles podem ser a chave para os mistérios que a rondaram durante toda sua vida. Assim, o lago negro de sua imaginação será, definitivamente, o estopim para toda sua loucura emergir. O que será que ele esconde no fundo de suas águas escuras?



Bem, preciso começar esta resenha dizendo que há algum tempo este livro me chamava para a leitura, mas fui deixando até que apareceu a chance de ler para resenhar aqui no Livros de Elite. E já posso dizer que foi uma experiência interessante. Na verdade, foi uma completa surpresa. Uma leitura diferente do que eu imaginava e que ao mesmo tempo me envolveu de uma forma que, até agora, não consigo explicar. 

Nesta obra vamos acompanhar a história de Verônica, uma jovem que passou recentemente no vestibular se muda junto com o namorado Enzo para Lagoana, cidade do interior de SP onde fica a universidade que escolheram. Até aí tudo certo em ordem. Mas, a moça lida com as sombras de uma infância e adolescência muito conturbadas e esta situação compromete muito sua convivência social. Pois, constantemente se vê perdida entre a realidade e a imaginação. 

Em Lagoana Verônica encontra uma cidade cheia de mistérios, um povo silencioso que só de olhar se percebe, guardam algum segredo. É assim também com Verônica quando o tema é o seu passado. Este clima meio “sombrio” repleto de segredos começa de certa forma a deixa-la mais à vontade, fato que contribui para que comece a dar forma no livro que há muito tempo ressoa em sua imaginação. 

“Sonho com um mundo em que os loucos vivam nas ruas e interditem-se os ditos sãos em hospitais horrendos, com paredes tomadas pelo mofo e comida com cheiro de lavagem”

Além destes personagens imaginários, Lagoana também desperta muitos outros sentidos de Verônica e aos poucos ela vai se afastando de Enzo e se ligando cada vez mais nos mistérios que diariamente vão se colocando à sua frente. As coisas estão quase fora de controle quando Liam, um estrangeiro chega à cidade e cruza os caminhos da moça. 

Uma história com muitas histórias, eu diria se tivesse que resumir em uma frase este livro. Sem dúvida alguma tivemos personagens construídos de com uma profundidade sem tamanho, tanto os principais quanto os secundários. Consegui sentir e imaginar como se tivesse diante de uma história real. 

“Era sempre difícil desligar de qualquer coisa que ganhava importância. Minha mente confusa sempre foi incontrolável”

O livro é narrado em primeira pessoa, mas em contrapartida temos dois narradores Verônica e Liam o que nos traz aquele outro lado da história. Achei interessante e perfeito o fato da autora não repetir as situações quando muda o narrador e sim, dar continuidade às ações com alguns flashes do que foi narrado pelo outro. Ficou bom demais!!! 

A classificação do livro está como Romance, mas para mim ficou muito marcado o drama de Verônica e os mistérios que envolvem toda a trama. Tudo muito psicológico e com algumas partes para mim, um pouco intensas o que me fez precisar de algumas pausas durante a leitura. Mas de forma alguma prejudicou minha opinião sobre a obra. 


A leitura que fiz foi e Ebook, mas preciso dizer que a capa está espetacular. E a diagramação do livro para livro digital ficou muito interessante. Encontrei alguns erros de revisão, mas foram pouquíssimos e não atrapalham em nada a compreensão da leitura. 

O que mais me desapontou foi não ter percebido que o livro teria continuação. Por isso, fiquei aqui com uma sensação de quero mais que não cabe dentro de mim. Espero com ansiedade o próximo livro e desde já parabenizo a autora pelo livro belíssimo e a Editora pela publicação.

Avaliação: 

Sobre a autora:
 
Vinte e poucos anos, Psicóloga Clínica, apaixonada por Psicanálise, viciada em Livros e amante do Rock Britânico. Desde criança foi vidrada em faz de conta e inventava inúmeros personagens para conversar. Assistia a filmes sobre vampiros já aos seis anos, mesmo que tivesse que se esconder atrás do sofá. Na adolescência, dizia que iria ser uma Libélula. Hoje em dia se diz uma adulta confusa, que ainda adora vampiros, não ganhou asas de libélula, mas escreveu um livro sobre elas, transformando seus personagens inventados em pessoas reais, embora sejam feitas de tinta e papel.

17 comentários:

  1. Oi Vanessa, tudo bem?
    Dá para perceber o quanto gostou da história só pelo cuidado que teve em escrever a resenha. O Lago Negro parece ter uma narrativa intrigante e fluida, e eu amo livros assim! Cheios de mistérios e personagens cativantes. Adicionarei em minha lista de desejados.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Uau!! Conheci esse livro pelo Wattpad e desde então fiquei muito
    interessada. Não só essa obra me chamou atenção como Uma Canção para a Libélula.
    Parece que a autora sabe como envolver seus leitores e cria tramas muito bem trabalhadas, já que seus livros tem ótima avaliação no Skoob e uma pontuação muito boa.
    Depois de ler sua resenha percebi que estava certa em adicioná-lo a lista de leitura.
    Adoro uma trama cheia de mistérios e fico feliz que a autora não repetiu as situações quando muda o narrador e sim dá continuidade. Fica muito mais interessante quando temos perspectivas diferentes.
    Vou aguardar a continuação antes de iniciar a leitura, já que pensei que fosse livro único.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Já li ele,e demaiss! do jeitino que vc escreveu *-*

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Não li a obra e ela nunca tinha me atraído muito por causa da classificação como romance e da capa. Contudo, sua resenha mudou minha visão sobre o livro.
    Primeiro, é bom saber que o livro tem mais de drama do que de romance, isso me agrada demais. Segundo, a trama é bem diferente, com esse ar de mistério de coisas do passado.
    Sem dúvidas, daria uma chance para a obra.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  5. Acho linda a capa desse livro, me lembra um pouquinha Fallen!
    Já conheço o livro e a autora embora ainda não tenha lido nada dela, gostei da resenha e o genero do livro me agradou.

    ResponderExcluir
  6. Que capa maravilhosa, compraria e leria já por este fato. O título é muito chamativo também, aí junta a sinopse e a sua resenha e fico com mais vontade ainda de ler. Adorei.
    Já adicionado na minha listinha. Beijos.

    potato_purple.blogspot.com
    youtube.com/potatopurpleblog

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa, eu pensava que esse livro era de fantasia kkkk, legal saber que tem um pouco de suspense psicologico e tal.
    Sucesso à autora.
    Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  8. Sua resenha está muito boa, estou a algum tempo querendo ler O Lago Negro, também não sabia que o livro tinha continuação, pretendo ler futuramente.

    ResponderExcluir
  9. A história parece ser bem intensa, gosto muito de dramas e acho que vou curtir bastante de acordo com sua resenha e premissa. Abraços :)

    ResponderExcluir
  10. Jurava que era Fallen quando eu vi a capa, mas me enganei, ainda não li nada da autora, na verdade é o primeiro livro dela que vejo. Mas fiquei curiosa para conhecer essa historia, parece ser ótima!

    ResponderExcluir
  11. Esse livro parece ser muito bom e devia ter lido antes! Vale a pena mesmo e é uma surpresa quando você percebe que é tão envolvente e gostoso de ler. Uma história muito boa =D

    ResponderExcluir
  12. Oiieee, tudo bom?
    Eu não tinha visto o livro, primeiramente devo dizer que a capa é muito linda, gostei do enredo do livro, e fiquei curiosa para saber o que acontece, quais são esses mistérios que ronda não somente nossa protagonista como a cidade em que ela se muda.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Vi esse livro e a capa me chamou atenção e depois de ler a sinopse fiquei curiosa sobre essa historia e lendo a resenha foi uma historia que gostei parece ser bem misteriosa e com uma ótima trama e se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
  14. Achei a capa do livro muito bonita, chamou a minha atenção e lendo a resenha achei o livro interessante, tem segredos e mistérios que adoro nas historias. A trama parece que envolve muitos mistérios sombrios, fiquei curiosa com isso.

    ResponderExcluir
  15. Amei a resenha.
    Não gosto quando chego no final do livro e descubro ,me sinto enganada ou algo do tipo, amei a capa, ja tinha ouvido falar do livro, amei a resenha ficou maravilhosa. Ha e obrigada pelo aviso, não vou mais ser pega de surpresa.

    ResponderExcluir
  16. Gostei muitooo, parece ser um livro muito bem traçado e envolvente, além de enigmático.
    Bem o que estou precisando no momento!!
    bjoos

    ResponderExcluir
  17. Queridaaaa! Eu não sei como agradecer pela leitura e pelo carinho com que escreveu a resenha.
    Espero que Submersão possa manter esse ritmo e que a série possa continuar conquistando seu coração <3

    Beijuuus!

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz