17 outubro 2016

Resenha: Quando o amor bater à sua Porta - Samanta Holtz


Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415971
Ano: 2016
Páginas: 304


Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu.
Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.
Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.
O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.
Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.
A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego.


Não é surpresa para ninguém que eu ame os livros da Samanta neh? Já li todos eles e sempre me surpreendo quando finalizo minha leitura. Com este volume não foi diferente: Quando o amor bater à sua porta é mais um romance simples, contemporâneo, clichê, cheio de sentimentos e ao mesmo tempo, real demais para deixar passar batido.
"Não sabia se era ali que estava o fator X que tanto vinha procurando, mas, na falta dele, teria outro ainda mais importante: o fator realidade. Já era hora das suas protagonistas tomarem decisões menos românticas e mais coerentes para proar ao mundo que, com razão e sensatez, também se encntra a felicidade."
A sinopse é bem extensa, então não vou me prolongar na minha descrição: Malu Rocha é uma escritora conceituada que está finalizando seu mais recente romance. Malu mora em um lugar lindo, cercado pela natureza, em São José dos Pinhais, onde faz seus passeios de bicicleta e visita seu avô na casa de repouso onde o mesmo mora.
Malu é uma mulher que tem um passado que a fez se tornar o que é hoje: fria, sem sentimentos pelas pessoas - a não ser por seu avô, que trata com muito carinho e que faz seus dias mais felizes.
Na primeira parte do livro, vamos conhecer a Malu Rocha que é uma "rocha" literalmente. Para ela, o amor só pode ser encontrado em livros. Ele não existe na realidade.
Malu está certa de seu conceito quando um estranho bate à sua porta. Luiz Otávio sofreu um acidente de carro onde, além de perder seus documentos e itens pessoais, perdeu também sua memória. A única coisa que o mesmo carrega consigo é um papel com o nome e endereço de Malu. O problema é que Malu não faz a mínima ideia de quem seja esse sujeito e, por mais bonito que ele seja, Malu a princípio, fica com o pé atrás, mas acaba oferecendo ajuda ao estranho, o que a fará descobrir sentimentos antigos, enquanto constrói novas lembranças com Luiz Otávio.
"As informações simplesmente não casavam, e parecia que, quanto mais se descobria a respeito dele, mais misteriosa era sua origem. Sem falar no detalhe mais intrigante: o que teria levado um homem como ele a agendar uma reunião com ela?"
O que eu mais gosto nos livros da Samanta são os sentimentos intensos que ela nos passa enquanto lemos suas histórias. Confesso que no começo, achei a leitura enfadonha e por diversas vezes, não via a hora de alguma coisa acontecer para deixar o livro mais desejável aos meus olhos. Claro que, sendo um livro da Samanta, persisti na leitura e não me arrependo! Que história linda e cheia de significados! Que personagens incríveis e marcantes! Fico muito feliz por, mais uma vez, me surpreender com um romance que poderia ser somente mais um, mas não é.
A autora cria todo um enredo sem falhas, cheios de pontos que vai nos levando na trama e nos deixando mais afoitos sem saber o que esperar. O romance entre os personagens é trabalhado, construído; não é uma coisa instantânea que costumamos ver por aí.
Vou começar por Luiz Otávio porque esse personagem me ganhou por completo. Só perde para o Bernado (O Pássaro) que é meu personagem preferido de todos os livros da Samanta. Junto com Caroline, esse par romântico me encanta e me fascina até hoje. Enfim, voltando personagem atual: Luiz é o tipo de personagem que não nos deixa duvidar de suas intenções. Seu desespero é aparente e nos deixa desesperados também. O mistério que o envolve nos faz querer saber mais: como ninguém ainda deu falta dele? O que ele queria em uma reunião com Malu? Existem outras questões que não posso externar aqui, para não entregar o enredo para vocês. Mas conforme vamos lendo, vamos ficando cada vez mais curiosas e apaixonadas por esse personagem maravilho.
"- Malu... As pessoas lutam, erram, se decepcionam. Perdem a memória! - Apontou para o próprio peito. - Mas, quando se sentam para ver um filme ou abrem um livro para ler, não querem mais daquele sentimento negativo. Querem sonhar, acreditar que a felicidade é possível, mesmo que através de uma história inventada por outra pessoa. Elas passam a acreditar naquilo e, por um instante, tomam o sentimento emprestado, como se fosse delas. É por isso que elas gostam tanto dos finais felizes."
Malu é uma personagem que me fez amá-la e odiá-la. No começo do livros, vocês entenderão e também sentirão um pouco do meu ódio por ela. Mas é impossível não amá-la também. Entendê-la e se solidarizar com seus medos e receios também. Infelizmente, fiquei triste com a simplicidade do passado que Malu quer esconder. Juro que pensei que este seria o ápice do livro; como em todos os demais livros da autora, já pensei em diversas coisas mais dolorosas do que o segredo que foi revelado. Fiquei desejosa de uma revelação bombástica para então, ter o final que eu tanto almejava e juro, achei que não aconteceria.
Mas, surpresas é o que não faltam neste livro! Samanta vai encantar o leitor e nos fazer pensar muito a respeito do que é o amor em todas as suas formas.
A escrita da autora é gostosa e poética. A narrativa é em terceira pessoa, o que nos deu uma abrangência maior dos acontecimentos. Ela abusa das descrições de lugares e pessoas, o que sempre me surpreende também, pois não gosto muito de descrições exageradas, mas nos livros da Samanta, tudo se encaixa.
A capa é linda e condiz com o enredo apresentado. Digo de boca cheia que este livro está totalmente perfeito! A Editora Arqueiro caprichou na edição, não encontrei nenhum erro de revisão e a diagramação simples tornou o livro mais perfeito ainda.
Adoraria ter os demais livros da Samanta republicados pela Arqueiro. O carinho que essa editora detém para com os livros, com os autores e com os leitores é divino e só consegue nos conquistar cada vez mais.
Enfim, só posso indicar a leitura e, se você ainda não leu nada da autora, comece por este livro! Tenho certeza que você vai se surpreender e se apaixonar!


Avaliação:



Sobre a autora:


Nascida no Dia Mundial do Livro, Samanta Holtz parecia destinada a trilhar o caminho da literatura. Aprendeu a ler sozinha aos cinco anos, tamanha era a vontade de entender as histórias que sua mãe lia para ela. Aos nove, ganhou um prêmio de redação em sua cidade, Porto Feliz, interior de São Paulo. Publicou em 2012 o romance histórico “O Pássaro”, premiado no “Destaques Literários” por votação do público e do júri técnico, seguido por “Quero ser Beth Levitt”, com a primeira edição esgotada em três meses, e “Renascer de um Outono”, romance idealizado ainda na adolescência.
Seu novo romance é "Quando o amor bater à sua porta", que foi publicado pela Editora Arqueiro em Agosto de 2016.
Com histórias românticas e cheias de surpresas, Samanta guia seus leitores por uma deliciosa viagem, levando-os das lágrimas ao riso em questão de capítulos.


9 comentários:

  1. Ana!
    além do romance é claro que sempre me atrai, o que mais me deixou curiosa e interessada em ler esse livro é a falta de memória do Luiz, fiquei imaginando milhões de possibilidades do porque ele se aproximar da Malu através de uma reunião...
    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    “A simplicidade representa o último degrau da sabedoria.” (Arthur Schopenhauer)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Por mais que esse livro tenha um quê mais clichêe, parece ser tão romantico e envolvente que morro de vontade de lê-lo, agora ainda mais ao saber que a escrita da autora é poetica - o que eu adoro. A sinopse ser extensa me deu um pouquinho de preguiça de ler, então só pulei mesmo, confesso.
    Um abraço!

    https://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nenhum livro da autora, mas quero ler esse esta sendo muito comentado e fiquei intrigada com esse homem misterioso que aparece na vida da protagonista, já fiquei me fazendo várias perguntas sobre ele, agora faltam as respostas rs.

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Ainda não tive a oportunidade de ler nada da autora, mas pretendo começar por esse livro! Que capa linda! E a premissa me conquistou, desde que começou a sua divulgação. Estou realmente ansiosa para fazer a leitura desse romance. E agora, lendo sua ótima resenha, fiquei mais certa de que vou amar! Obrigada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha nada dessa autora ainda, e por isso quando soube do lançamento desse livro logo fiquei interessada na leitura. Claro que a história me parece encantadora, a autora soube muito bem retrata o amor, em suas diversas formas, além de que os personagens parecem ser encantadores, envolvente e cativantes. Estou louca para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  6. eu ainda não li nada da samantha, e estava com medo de ser mais um
    mas pelo jeito eu me enganei muito né?
    eu acho legal esses romances que vai acontecendo aos poucos, para mim fica mais real.
    espero ter a oportunidade de ler esse livro!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Ana.
    Não sou muito fã de romances, mas gostei da premissa desse. Isso de um rapaz desmemoriado aparecer na sua porta é bem interessante. Acho que daria uma chance.
    Ademais, gosto dessa escrita mais poética.
    Excelente dica, sem dúvidas.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de outubro. Serão dois vencedores, dividindo 5 livros.

    ResponderExcluir
  8. Que história diferente!! Fiquei intrigada para ler!! Quero descobrir por que Luiz Otávio Veronezzi estava com um papel escrito o nome dele e o de Malu!! Quais serão as descobertas que ambos irão fazer? Acho que eles tem um passado interligado!! Será que este será o grande amor da vida de Malu? É, parece que o nome do livro faz jus à história!! A Samantha Holtz escreve muito bem e capa está linda demais!! Já quero ler!!

    ResponderExcluir
  9. Eu soube da autora este ano.Eu amei a capa deste livro,é tão linda!!!
    Tinha visto resenhas sobre o livro,do qual espero ter oportunidade de lê-lo,e descobrir o que acontece com o Luiz,se ele recupera ou não a memória...

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz